Produtividade: como ser um profissional de alta performance

Quando o assunto é carreira, a palavra produtividade está sempre em alta. O volume de tarefas está aumentando cada vez mais, enquanto o tempo torna-se cada vez mais apertado.

Assim, conseguir dar conta de toda a pressão de ser um profissional competente e bem-sucedido pode ser muito trabalhoso!

A distribuição das atividades, a liderança da equipe, o relacionamentos com os clientes, diversos fatores fazem com que o cansaço seja uma rotina na vida de quem está sempre ocupado. Em meio a todos esses acontecimentos, há duas considerações importantíssimas: decisão e foco.

Para se livrar da falta de foco, da procrastinação e da improdutividade, acompanhe este artigo!

Afinal, o que é produtividade?

Quem pensa que ser produtivo é fazer muitas coisas ao mesmo tempo, está errado. Produtividade não é sinônimo de estar constantemente ocupado. Na verdade, ser produtivo significa que você entrega resultados de alta performance em tudo que faz.

Na sua carreira, a produtividade deve ser pensada da seguinte forma: fazer o máximo possível com o mínimo possível, ou seja, tirar o melhor aproveitamento de absolutamente tudo. Mais resultados com menos recursos.

Tenha em mente que a quantidade não pode falar mais alto que a qualidade na execução das suas tarefas gerenciais, pois isso vai prejudicar o desempenho do seu negócio, podendo inclusive levá-lo ao fracasso.

Não existe proveito em manter-se ocupado o tempo todo (é um engano) sendo que não há resultado ou proveito disso. Seu tempo e suas atividades precisam ser eficientes e eficazes diante da sua estratégia.

Você conhece o Princípio de Pareto?

O Princípio de Pareto, mais conhecido como regra 80/20, ensina que, em tese, 80% dos resultados que você entrega são proveniente de 20% das suas ações. Segunda a regra 80/20, a maior parte do seu sucesso é consequência de apenas uma pequena parte de todo o esforço que você faz.

Calma. Não precisa ficar desapontado achando que todo o seu trabalho é vão. O que você precisa é direcionar as suas ações para caminhos que tragam resultados reais.

Para colher esses frutos, você precisa usar do poder de decisão, definindo prioridades. Focar sua energia nas prioridades faz com que você obtenha bons resultados.

Você sabe definir prioridades?

A pergunta-chave para saber o que realmente é importante na sua rotina: isso traz qual resultado? Para ser produtivo, você precisa selecionar quais são as atividades, ações e projetos que tem grande potencial, ou seja, que trazem grandes resultados.

Os produtos muito relevantes da sua vida profissional, são decorrentes do que? Concentre sua força nisso e não perca mais tempo com o que não estiver nesse hall. Afazeres que não são dessa natureza devem estar em segundo plano.

Ao definir suas prioridades, não caia no erro de ficar na zona do conforto, apenas fazendo aquilo que você já sabe que dá resultado. Desafie-se também e ouse práticas que não são do seu costume mas que tem grande chance de render bons frutos.

Tudo certo até aqui?

Vamos recapitular, você precisa: definir prioridades, concentrando a maior parte da sua atenção na pequena parcela de ações que trazem resultados maiores.

Não basta saber disso e não colocar em prática no seu cotidiano. Organize suas tarefas seguindo esse princípio de gastar a maior parte do tempo em atitudes que valem ouro.

Uma vez que esse plano é traçado, não desvie dele, cedendo à preguiça ou desmotivação. Siga esse modelo à risca e logo vai notar como a produtividade está em alta na sua vida, já que você entrega alto desempenho e resultados excelentes.

Se você não quer mais perder tempo na gestão, leia também esse artigo sobre as verdades do planejamento estratégico!

Deixe uma resposta 0 comentários