4 razões para implantar sistema financeiro na empresa

Muitos empresários não se dão conta do que estão perdendo quando deixam de implantar sistema financeiro na empresa.

Mesmo que você e sua equipe entendam tudo sobre planilhas, é certo que essa forma de organização demanda muito mais recursos do que a utilização de um software.

Para demonstrar a importância de aderir a esse método, bem como informar você sobre os benefícios, preparamos este post listando 4 motivos para implantar um sistema financeiro — ERP. Quer saber quais são eles? Veja a seguir!

1. Segurança

A proteção de dados está em alta: e é assim que tem que ser. Arquivar as informações financeiras em Excel é muito comum para quem faz o controle via planilha. Por serem armazenados localmente, os arquivos ficam expostos a problemas como defeitos de hardware, vírus e até roubos.

A dependência das máquinas — ou de qualquer memória em questão — põe o seu controle em risco. Além disso, no caso das planilhas, o acesso fica simples. Isso se torna um gargalo no caso de pessoas não especializadas, principalmente no caso de alterações. Retrabalhos e prejuízos surgem daí.

O sistema financeiro é armazenado na nuvem. Assim, você não precisa se preocupar com cópias e versões físicas, tão pouco com capacidade de armazenamento. Todos os dados ficam seguros e acessíveis apenas para pessoas autorizadas.

2. Praticidade

Se você pode escolher o melhor para si e para o empreendimento, por que não? Usar um ERP é muito mais prático do que armazenar seus dados financeiros de qualquer outra forma. Além de ser facilmente acessado — geralmente por meio de login e senha —, tudo é feito online.

Você pode habilitar seu computador e trabalhar em cima dos dados de qualquer local. Quando o controle financeiro ocorre por meio de planilhas, há uma para cada atividade.

Dessa forma, a integração dos dados fica complicada e falha. Fora isso, é complicado manter tudo atualizado de maneira dinâmica.

Ao usar o software financeiro, você pode integrar com todas as áreas da empresa, aproveitando os dados lançados em sistema para ter um documento completo, atualizado mecanicamente e em tempo real. A visão holística que você obtém nesse processo é recompensadora.

3. Análise dinâmica

Falando em visão, a análise econômica do negócio é muito mais eficiente quando se faz uso de um sistema para organizar as finanças. Integrando todas as áreas, a gestão ganha potência:

  • as contas a pagar e a receber são totalmente controladas, pois podem ser classificadas e visualizadas de acordo com critérios específicos;
  • o fluxo de caixa funciona com mais organização e demanda menos tempo, além de ser de simples projeção graças ao conjunto do sistema;
  • é possível emitir boletos e documentos de prestação de conta diretamente do sistema, utilizando os padrões pré-estabelecidos;
  • há flexibilidade para projetar cenários de acordo com a base de dados, por isso a tomada de decisão é pautada em dados financeiros reais e portanto bem direcionada;
  • os lançamentos podem ser exportados, integrando com a sua contabilidade e mantendo o trabalho produtivo, de acordo com os formatos vigentes e adequados para cada atividade.

O mais interessante sobre todas essas ações e benefícios é que, assim que configura e bem implantado, o sistema automatiza tudo. Ou seja, você economiza tempo e recursos para obter resultados ainda melhores.

4. Consultoria

Até aqui, você já entendeu o quanto implantar um sistema financeiro faz diferença para a saúde e desenvolvimento da empresa, mas como fazer isso?

A boa notícia é que, ao decidir por um software de qualidade que conta com uma boa equipe por trás, você recebe toda a consultoria para implementação.

Nós da Resultado em Foco, por exemplo, trabalhamos com um software 100% online, capaz de agregar todos os benefícios citados ao longo desse texto.

Além disso, somos especialistas em contabilidade estratégica e ficamos à disposição para analisar os dados e apontar soluções: o diagnóstico é gratuito, entre em contato conosco e tenha acesso!

Deixe uma resposta 0 comentários