Como se preparar para a Black Friday em 5 ações

Já sabe como se preparar para a Black Friday? Certamente esse é um evento muito esperado o ano todo, tanto para quem compra quanto para quem vende. Em 2019, ele vai ocorrer no dia 29 de novembro. Sendo assim, pode ser um bom momento até mesmo para adiantar as compras do final do ano.

O primeiro aspecto primordial é saber o quanto isso realmente impacta as finanças, conseguindo planejar e acompanhar os pontos certos a fim de aproveitar ao máximo a data. Vamos falar sobre isso nas 5 dicas para se organizar para a Black Friday: continue conosco e confira a seguir!

1. Planeje o financeiro

Não faça propagandas enganosas: é preciso realmente dar descontos. Para isso, é fundamental preparar o financeiro para fazer boas ofertas. Lembre-se de que a baixa de preço deve ser viável e lucrativa. Assim sendo, recomendamos que você ajuste as margens de lucro, adotando uma estratégia conveniente, como a de ganhar pelo volume.

Não deixe também de oferecer diversas formas de pagamento, ou, ao menos, deixar bem claras quais são as disponíveis. Nada pior do que estar pronto para aproveitar uma grande promoção e perceber que a loja não recebe do jeito que você quer pagar. É um banho de água fria e isso promove a má fama da Black Friday.

2. Gerencie o estoque

Um dos pontos de apoio do financeiro na Black Friday é o gerenciamento de estoque. Você precisa ter total e absoluto controle. Muitas campanhas falham por não ter um estoque organizado. Categorize o seu portfólio e/ou os produtos, pois assim você vai entender o que compensa mais ofertar com quais condições.

É possível aproveitar a data para liberar produtos cujo custo não compensa mais a prateleira. A ideia inicial é não vender abaixo do que custou, entretanto, há outras variáveis que devem ser consideradas. Perecíveis que vão claramente dar prejuízo, por exemplo: você pode e deve tentar diminuir esse impacto.

3. Negocie com os fornecedores

Falando sobre custos, quanto menor essa conta for, mais você pode baixar o preço, e maior também pode ser a sua margem de lucro. Se você tem metas de vender um grande volume, principalmente, tem poder de barganha para conseguir melhores condições de seus fornecedores e/ou melhorias na prestação que influenciam na experiência do cliente final.

Além disso, se a margem de lucro é baixa, você pode investir na estratégia de aumentar o ticket médio. Desse modo, tente fazer combinações de produtos ou oferecer um mix de serviços, criando espécies de “combos”. Produtos complementares são poderosos nesse sentido. Então, ofereça facilidades!

4. Capriche no marketing

Faça da comunicação a mais clara possível. A Black Friday é um evento para comprar com grandes descontos e sem condições esquisitas nas entrelinhas. Anuncie previamente alguns dos produtos e serviços que vão estar com desconto. Assim, você gera expectativa. Na verdade, trate de usar bastante os gatilhos mentais.

Com o momento sendo propício, uma boa estratégia também é salientar os objetos “sonho de consumo”. O que todo mundo está querendo? Faça a sua audiência saber disso. Além de caracterizar a marca para o evento, não deixe de diferenciar também a comunicação, seja ela digital ou impressa.

5. Avalie os resultados

O que funcionou na campanha do ano passado? E quais foram os fracassos? Os pontos ruins foram melhorados nessa edição? Quais foram os resultados? É indispensável fazer análises como esses. Assim, você pode usar cases de sucesso para nortear a campanha atual e melhorar constantemente. O consumidor sempre está de olho!

Não deixe também de dar aquela olhada na concorrência. Obtendo esse mapeamento, você sabe qual é o grau de competição e quais foram as ações de sucesso. A concorrência sabe como se preparar para a Black Friday? Então aprenda com ela. O importante é que seu planejamento atenda bem o público e traga resultados reais para o seu caixa.

Para que isso aconteça, conte com a nossa ajuda: converse pelo WhatsApp com um dos nossos consultores, tire as suas dúvidas e peça as orientações que precisar!

Deixe uma resposta 0 comentários