Cadeia de Valor: Entenda o que é

Cadeia de Valor é um modelo estratégico intimamente ligado com o destaque que uma empresa conquista no mercado.

Conseguir fazer uma empresa se destacar no mercado é um desafio enorme. E para isso, utilizar de métodos e estratégias diversas é uma forma de se alcançar certos resultados.

O uso da cadeia de valor pode se relacionar com a manutenção da qualidade de um serviço ou produto oferecido e, portanto, agregar ao destaque da empresa no mercado.

Vem com a gente nesse texto pra entender melhor o que é e como utilizar uma Cadeia de Valor.

Cadeia de Valor
Fonte: Euax

O que é Cadeia de Valor

Criada por Michael Porter, em 1985 – sim, o mesmo das 5 Forças de Porter – , a Cadeia de Valor é uma ferramenta de gerenciamento de processos.

Por meio dela, conseguimos ter uma noção das atividades desempenhadas pela empresa que tem a capacidade de gerar valor aos clientes.

Em outras palavras, são estabelecidos processos capazes de determinar qual é o custo de cada atividade que é desempenhada na empresa.

Com a análise dessas definições é possível de se aumentar os resultados, gerando mais lucro.

Criando Valor

Sendo bem objetivo, valor é gerado é a margem de lucro de uma empresa. Portanto, qualquer processo que aprimore a saúde econômica de uma empresa gerou valor para ela.

Entender como uma empresa cria valor, assim como novas formas de se criá-lo é um passo muito importante para se tornar uma empresa competitiva.

Aspectos da Cadeia de Valor

Como proposto por Porter, o processo é constituído por alguns tópicos básicos divididos entre processos primários e de apoio.

Processos Primários

Estes processos são bem diretos. Geram valor diretamente para o cliente.

  • Logística de Entrada: envolve o relacionamento com os fornecedores e diz respeito à compra de matéria prima ou contratação de serviços que sofrerão a transformação.
  • Operações: correspondem aos processos que serão realizados na transformação dos produtos de entrada em produtos de saída.
  • Logística de Saída: diz respeito às atividades de entrega dos produtos e/ou serviços ao cliente.
  • Marketing e Vendas: é a etapa de atração e convencimento do cliente para que ele realize a compra do produto e/ou serviço.
  • Serviços: conhecidos como pós-vendas, são atividades que visam manter e aumentar o valor dos produtos e/ou serviços após a compra.

Processos de Apoio

Geram valor de maneira indireta, apoiando os processos primários.

  • Infraestrutura: visa manter as operações do cotidiano, como gestão administrativa, contábil, legal, financeira e etc.
  • Gestão de Recursos Humanos: relacionado às atividades de recrutamento, retenção de talentos, desenvolvimento, treinamento, capacitação dos funcionários e etc.
  • Desenvolvimento Tecnológico: emprego de ferramentas e automação de processos são tarefas comuns desse tipo de processo, assim como outras relacionadas.
  • Aquisição/Compras: tem como objetivo adquirir os produtos necessários para o funcionamento da empresa, suprindo os setores com os recursos necessários.

Usando uma Cadeia de Valor

Para se fazer uso da cadeia de valor, devemos seguir algumas etapas.

É importante identificar quais subatividades geram valores diretamente, indiretamente ou simplesmente garantem a qualidade de determinadas etapas.

Mas tudo isso deve ser bem registrado para que a gestão flua da melhor maneira possível.

Além disso, identificar como cada parte do processo se relaciona com todas as outras partes é de extrema importância!

Ao fim desses processos, resta analisar a situação da cadeia de valor para avaliar estratégias que possam gerar ainda mais valor para a empresa.

Conclusão

O processo como um todo mostra sua importância ao se analisar as informações finais, pois munido destas, é possível agregar valor.

Avaliar a rentabilidade das operações, criar vantagens competitivas, diminuir os custos, aumentar o lucro, dentre outros benefícios surgem com a implementação do processo.

No fim das contas, a cadeia de valor permite visualizar pontos a serem otimizados e aperfeiçoados, criando uma empresa mais saudável.


E aí, o que achou do artigo? Deixe aí nos comentários suas dicas e dúvidas!

E me siga nas redes sociais: InstagramLinkedinFacebookTwitter .

Deixe uma resposta 0 comentários