Balanced Scorecard — BSC: entenda como funciona

O Balanced Scorecard — ou BSC — pode dar novos rumos para a sua empresa, estabelecendo a inovação nas estratégias e metas.

Essa metodologia é aplicada em organizações no mundo todo, a fim de aproveitar o grande potencial no alinhamento das ações do negócio com seus objetivos finais.

Basicamente, o BSC trabalha com 4 prismas. Quer saber quais são eles e como aplicá-los na sua gestão? Veja a seguir neste post que preparamos para você!

O que é Balanced Scorecard?

O Balanced Scorecard é traduzido como Indicadores Balanceados de Desempenho. Desenvolvido por dois renomados especialistas de Harvard, o recurso visa aumentar o envolvimento geral da organização com o cumprimento do planejamento estratégico.

Assim, estabelece uma gestão que, de forma simultânea, mede o desempenho de uma empresa e define esquemas, com focos que vão além dos resultados financeiros.

Portanto, o Balanced Scorecard funciona como um método eficaz de integração entre o planejamento e as atividades operacionais.

Quais são os objetivos do BSC?

Como o principal objetivo do Balanced Scorecard é tirar a estratégia do papel e colocar em prática por meio de metas e medidas, ele transforma os propósitos em indicadores precisos: veja como isso acontece!

Tradução da visão estratégica

É necessário entender as intenções da organização e sua missão, para incorporá-las ao planejamento. Assim, o conjunto dos objetivos é unificado com a definição dos indicadores responsáveis por monitorá-los. O intuito final é garantir que a real intenção do empreendimento consiga ser comunicada através das estratégias que são aplicadas.

Alinhamento das iniciativas ao planejamento

Toda a empresa está inserida num setor e funciona com o empenho de seus colaboradores. Além disso, ela depende dos recursos financeiros e requer crescimento a longo prazo. O BSC integra todos esses fatores, levando a uma aplicação sincronizada para que funcionem em conjunto.

Em outras palavras, as ações são estabelecidas utilizando de avaliações do meio, consideração da capacidade produtiva e restabelecimento dos processos para que tudo opere em sintonia.

Comunicação de objetivos e metas para a equipe

A organização precisa estar alinhada do alto escalão até os colaboradores. Logo, a estratégia deve ser repassada e entendida também pelos departamentos. Afinal, é lá que a execução vai acontecer. A liderança passa a mensagem da empresa adiante.

Aprimoramento do feedback

Alinhar o comportamento e habilidades dos colaboradores com os propósitos da empresa é importante. Por isso os feedbacks e o monitoramento constante são necessários. Desempenho e metas são considerados nesse processo. Consequentemente, as correções são feitas com foco e o índice de resultados positivos aumenta.

Quais são as 4 perspectivas do BSC?

A estrutura do BSC é definida por 4 perspectivas, que visam garantir competitividade a longo prazo. Elas são usadas para definir os 4 indicadores principais, que mostram uma verificação integrada do desempenho.

Perspectiva do cliente

Esse cenário acompanha como a empresa entrega valor para o seu cliente. Para isso, usa indicadores de satisfação do cliente e trabalha constantemente em melhorar. São trabalhados elementos como:

  • prazo;
  • qualidade;
  • custo;
  • desempenho.

Esses são, entre outros, os maiores alvos de boa avaliação dos consumidores.

Perspectiva dos processos internos

Nessa etapa, a organização elenque quais são os processos de suma importância para o correto funcionamento e cumprimento das metas gerais. Ela se entrelaça com a etapa anterior:

  • as atividades executadas na operação devem proporcionar condições para que a perspectiva do cliente funcione.

Então, após observá-los, cria-se um mapa de etapas de execução sequencial e ideal para oferecer o desempenho mais otimizado possível.

Perspectiva do aprendizado e crescimento

Nesse tópico são constatadas necessidades e ajustes em forma de:

  • investimentos;
  • equipamentos;
  • treinamentos;
  • pesquisas;
  • novos produtos etc.

A partir dessas informações se ordena a organização a longo prazo. Verificando e observando o estágio atual, se delimita o que é preciso ser adotado nas práticas para desenvolver a empresa e conseguir expandir os negócios, seja na estrutura ou no capital humano.

Perspectiva das finanças

O financeiro proporciona informações acerca dos resultados das ações já feitas e visão para momentos futuros, a curto, longo e médio prazo. Os dados são mostrados pelos números da contabilidade. Por isso, no Balanced Scorecard, todos os objetivos financeiros precisam de vínculo com as ações estratégicas.

A contabilidade se trata de partidas dobradas, ou seja, toda movimentação gera um reflexo. Assim, é essencial saber interpretar esses dados, a fim de obter informações referentes às saídas e aplicações econômicas. Com esse controle, a gestão consegue guiar todos os aspectos da empresa, inclusive os contemplados pelo BSC.

Conte com quem mais entende do assunto

Observando o Balanced Scorecard com seu caráter integrado, é visto que o método indica os conhecimentos e ações fundamentais para cumprir a estratégia. Assim, a empresa entrega valor específico para o mercado. Consequentemente, a rentabilidade aumenta.

Use a metodologia BSC e outras ferramentas gerenciais com foco na gestão estratégica para potencializar o sucesso do seu negócio: entre em contato conosco e tenha acesso ao passo a passo para chegar lá!

Deixe uma resposta 0 comentários